Perda auditiva

Causas da perda auditiva

As causas da perda auditiva são diversas e podem ocorrer antes do nascimento ou após o nascimento. Na gestação podem ocorrer devido ao uso de álcool, drogas ou por doenças como: toxoplamose, sífilis ou rubéola.
Após o nascimento a perda auditiva pode ocorrer por vários fatores, sendo as mais comuns:otites, perfuração do tímpano, meningite, cachumba, excesso de medicamentos ototóxicos, lesões por pancadas ou quedas, encefalite e a até por acúmulo de cerume.

A perda auditiva mais freqüente é o envelhecimento (chamada de presbiacusia), exposição a ruídos intensos, fatores hereditários e a deteriorização das células ciliadas do órgão de corti.

O grau de perda auditiva

Há vários graus de comprometimento de uma perda auditiva. Os termos usados para descrever os graus de perda são leves, moderada, severa e profunda.

Perda auditiva leve

Incapacidade de ouvir sons menos intensos e dificuldade para ouvir em ambiente ruidoso.

Perda auditiva moderada

Incapacidade de ouvir sons menos intensos e de intensidade moderada, dificuldade considerável em entender a fala, especialmente na presença de ruído de fundo.

Perda auditiva severa

Incapacidade de ouvir a maioria dos sons. Os falantes precisam aumentar a intensidade da voz para que os ouçam. As conversas em grupo são possíveis, mas somente com considerável esforço.

Perda auditiva profunda

Alguns sons muito intensos são audíveis, mas a comunicação sem aparelhos auditivos ou linguagem de sinais é muito difícil.

Sinais que podem indicar perda auditiva

  • Escuta mas não entende as palavras

  • Assiste TV ou rádio em volume alto

  • Dificuldade para ouvir os sons

  • Pede para as pessoas repetirem várias vezes as frases

Localização

Audio Vale
Audio Vale © 2018 - Todos os direitos reservados